domingo, 6 de setembro de 2015

AFORISMO

Já que dilacerados não vivemos
Por que apartados nos buscamos tanto?