segunda-feira, 6 de março de 2017

PECADOS

Logo eu?
                Tão lanceteado pelo pecado da luxúria!
Logo eu?
                Ser juiz júri carcereiro
de quem se come tão livremente?

A luxúria se não o primeiro
                                 pecado da cabeça
                  é o mais violento
                        mais amaro
                        mais serpentino

Logo eu?
                Que não me vejo no espelho
ser capitão do mato para fomes tão mesquinhas?

Logo eu?
                Cujo único benefício
fora saber me esconder?

Logo eu?
               Que invejo tanto
                quem não tampa
as próprias vergonhas alheias
     por temer            tapa?

Logo eu?
               Dono de quantos pecados!

Sim eu, pois não compartilho
vosso pecado
           primeiro.