quarta-feira, 18 de janeiro de 2017

ALGOZ DE MIM

Eu
ladrão de tantos beijos
           dos Teus abraços
atrelado

Eu
sempre tão senhor de si
sempre
            de ciúmes perdido

Eu
de Mim tão algoz
de Ti
             tão servil