sexta-feira, 13 de dezembro de 2013

DIÁLOGOS DE DIOTIMA

1.

- O Amor

Estágio mais elevado da carne

No qual todas as sensações

Procuram

Outra carne

Para em carne

Refazer a carne

                          Gera vida

                          Nega a morte


- O Amor

Estágio mais elevado da alma

No qual todos os pensamentos

Descobrem-se

Constroem a alma dentro da alma

Para que ela faça sentido de ser


- O Amor

Que em amor se encontra

Quer amor em troca

                        Tocar sua correspondência

Para descobrir-se inteiro


- O Amor

Que em amor em si basta

                                Eleva

                                Enleva

                                Sublima

Faz do ser algo verdadeiro


2.

- A minha alma a tua alma admira

Surpreendida

Por sua força 

      Sua leveza.


- A minha alma a tua alma abomina

Arrependida

Por minha falha

       Sua mentira.


3.

- O meu corpo

Ao teu corpo

                      Deseja

Tanto e tão fortemente

Que teu cheiro me penetra

                                            E vira meu.


- O teu corpo

Ao meu corpo 

                       Fastia

De tão embriagado

O gosto já não engulo.



4. 

                                         Amor:

*Regeneração da carne               *Combustível da alma


*Fábrica de vida

              de cura

              de prazer


*Solução do enigma

               da consciência 

               da plenitude.



5.

Amor sem culpa

          sem coita

          sem coito

          sem gozo?


A mesmice prosaica do dia a dia forrada de enfado

                                                                 de fado

                                                                 de arroto

                                                                 de ojeriza

como aquele olhar não-cruzado do adeus mal dado

                               desperdiçado

na saliva gasta

no abraço falso apertado

mas que não aceitou o valor inteiro cobrado

pelo Amor ganhado:

todo prazer tem preço proporcional ao pesar proporcionando.


6.

Te prometi amor eterno

Não ser fiel e constante

Se não te menti

não te traí.


Minha carne é livre

Na prisão do prazer.


Minhalmacorrentada

Voa em volta do teu ser.